Psicólogo da USP ensina em vídeo o que fazer para começar um namoro

Psicólogo da USP ensina em vídeo para mulheres o que se deve fazer para começar um namoro.

Pesquisador da Universidade de São Paulo (USP) diz o que vale mais na arte da sedução e lista os erros mais graves em um início de namoro.

Assista ao Vídeo:


Diz o poeta que o amor está na essência da alma, mas por que unir as almas gêmeas é tão complicado?

O pesquisador Ailton Amélio da Silva, professor de psicologia da Universidade de São Paulo (USP), revela a primeira dificuldade: metade da população brasileira se diz tímida.

“Está cheio de gente solitária, com medo de dar o primeiro passo, de se expor, de se entregar de bandeja.

Fica todo mundo sofrendo. Talvez, se mostrasse um interessezinho daria jogo”, afirma o professor.

Na arte da sedução, gestos valem mais do que palavras.

“A pessoa tem que orientar o corpo. Se eu ficar conversando de lado, não é sinal de paquera.

Eu tenho que orientar o corpo. Eu tenho que inclinar na direção da pessoa.

” Ficar para trás é mau. Ficar reto é médio. E ficar pra frente é bom”, ensina o pesquisador. “

Outra lição importante: o toque.

“Eu começo com um tipo de toque que é permitido na conversa.

Mas eu começo a tocar muitas vezes, tocar mais demoradamente ou tocar mais carinhosamente, isso é poderoso para fazer um relacionamento”, explica Ailton.

Fundamental também é saber o que não fazer para chegar lá.

O especialista do amor listou os seis erros mais graves em um início de namoro.

1 – Mostrar desinteresse.

2 – Iniciar o romance com alguém que tenha objetivos diferentes do seu. Exemplo: ele quer morar na fazenda; ela, na cidade.

3 – Se envolver com parceiro comprometido.

4 – Deixar o romance de lado e se tornar apenas amigo.

5 – Não valorizar as qualidades do parceiro.

6 – Se apaixonar por alguém muito diferente.

Para o pesquisador, opostos não se atraem. “Pelo contrário, os opostos podem dar tremendas encrencas.

Se eu caso com uma mulher que quer gastar todo meu dinheiro, eu quero economizar.

Ela gosta de viajar, eu gosto de ficar em casa”, justifica.

É uma longa espera para chegar até o dia do sim, e as pesquisas comprovam: para casamento, o homem é tão exigente quanto a mulher.

Os relacionamentos mais duradouros costumam juntar pessoas que já se conheciam.

Do total de namoros, 37% começam no trabalho, estudo ou círculo de amigos.

Por isso, preste atenção: o candidato ideal pode estar mais perto do que você imagina.

“Tem uma história que conta que o amigo pergunta para o outro se ele está namorando.

Ele responde que não. O outro pergunta por quê. Ele diz que está procurando a mulher perfeita.

Um ano depois, eles se encontram de novo.

Aí, o amigo pergunta de novo se ele está namorando.

O outro diz que não. Ele pergunta se é por que ele não encontrou a mulher.

” Ele conta que encontrou, mas que ela também estava procurando o homem perfeito”, conta o psicólogo. “

 

[ult_content_box bg_color=”#1e73be” box_shadow=”horizontal:px|vertical:px|blur:px|spread:px|color:#f7f7f7|style:none|” padding=”padding:15px;” margin=”margin:15px;” hover_box_shadow=”horizontal:px|vertical:px|blur:px|spread:px|color:#f7f7f7|style:none|”]

Existe um mito que ainda está muito presente na cabeça das mulheres:

O Mito de que os Homens Não Gostam de Assumir Compromissos

De cara eu já vou te dizer que isso não é verdade.

Ao longo de nosso próximo artigo você vai entender melhor porquê.

Por enquanto, eu posso lhe dizer que os homens querem compromisso, SIM!! Mas eles querem com a mulher certa!

[/ult_content_box]