2

Infoproduto – Venda seu Conhecimento de Maneira Escalável

Rate this post

Infoproduto – Venda seu Conhecimento de Maneira Escalável

Infoproduto é um termo muito conhecido para quem já está estudando Marketing Digital.

Para aqueles que ainda não têm muito conhecimento ou são os famosos “marinheiros de primeira viagem”, esse termo pode ser bem diferente.

Sem muitos segredos, a palavra “infoproduto” vêm da soma de Produto de Informação, ou seja, o intuito desse conteúdo é vender o seu conhecimento através de um produto.

E nós sempre utilizamos esse termo para produtos digitais.

Calma, não estou entendendo! Como posso vender isso?

Atualmente, acredito que o desejo de todo brasileiro (do mundo na verdade), é poder ter tempo livre.

Ninguém hoje em dia gosta de ficar horas e horas no trânsito, casar e deixar sua esposa/marido longe ou então não poder ver o seu filho crescer. Isso é bem triste.

Hoje as pessoas optam por empregos que possibilitem uma liberdade geográfica – os chamados Home Office.

E se você pudesse fazer algo ainda melhor que o Home Office?

O infoproduto (ou produto de informação) é um produto que geralmente você grava uma vez só e a partir disso, você começa a revendê-lo.

Você não precisa fazer várias e várias vezes, como por exemplo, um professor dando uma aula em classe, repetindo a mesma aula sempre que uma nova turma aparece.

Em outras palavras e deixando isso mais claro na sua mente, você faz todo um esforço primário (para produção do conteúdo) e depois vende as cópias da sua arte. É maravilhoso, né?

Hoje em dia, milhares de pessoas já vivem disso aqui no Brasil (e também em vários países do Mundo) e cada vez mais, novas pessoas buscam aprender a “fórmula do sucesso” na criação de infoprodutos.

Quais os formatos de Infoprodutos?

Para muitas pessoas, quando ouvem esse termo logo pensam em um curso gravado (com vídeo aulas, exercícios e tudo dentro de uma área de membros – como o próprio Welabs). Sim, esse formato é o mais tradicional, porém, não é o único. Longe disso.

Produtos de informação podem ser entregues em formatos como: Áudios (em MP3, Podcasts), Ebooks (feitos em word ou PDF), software, mindmap, conferência online (Hangout) e vários outros formatos.

Você pode aprender 51 formatos de infoprodutos aqui.

Porque investir em um infoproduto?

Basicamente, toda pessoa possui um conhecimento específico, independente de como ele foi adquirido (com conhecimento técnico, com faculdade, com experiência de vida, com livros) e existem diversas pessoas que precisam de ajuda nesse conhecimento que você têm. Chamamos isso de demanda.

Partindo do princípio que você é capaz de resolver um problema de um grupo específico de pessoas (sejam elas 10 ou 1.000.000), você pode pegar esse conhecimento e vendê-lo através de um produto de informação.

Talvez você se sinta uma pessoa que não têm conhecimento mas eu posso te dizer que qualquer pessoa é capaz de produzir um infoproduto. Basta que ela tenha autoconhecimento e saiba seus pontos de qualidade que podem ajudar outra pessoa.

O livro “A Startup de 100 dólares” mostra vários estudos de caso de pessoas que viviam em “vidas normais”, acostumadas com a rotina e com os métodos “convencionais” de trabalho e partiram para uma vida de venda de conhecimento.

Em uma passagem do livro “O Mensageiro Milionário“, o autor diz: “As pessoas estão sedentas por conhecimento. Qualquer pessoa que ler 2 ou 3 dos melhores livros sobre um assunto específico, já saberá mais que 60% da maioria das pessoas que querem aprender sobre esse assunto. Isso porque simplesmente as pessoas não vão atrás de conhecimento“.

Viu como existem diversas oportunidades para você começar o seu primeiro negócio digital?

Infoproduto Não Dá Certo.

Eu Quero Mesmo é Abrir um Negócio Físico

Negócio físico sai caro. Só para montar um espaço exige uma grana pesada e seu mercado se limita àqueles que podem chegar até o seu negócio, ou até onde você pode ir para disponibilizar seu serviço. Fora o risco que você corre de nunca recuperar esse dinheiro que você investiu caso seu negócio dê errado.

Na internet, esses gastos iniciais são mínimos. As ferramentas são baratas e você pode dividir seu tempo entre seu trabalho normal e o seu novo empreendimento até que se torne possível se sustentar exclusivamente com ele. Caso dê errado, tudo bem. Você perdeu algum dinheiro, porém nada comparado com o que você perderia no cenário anterior.

Mas volto a dizer, no livro “A Startup de 100 Dólares”, o autor mostra diversas pessoas que começaram com nada mais que 100 dólares. É muito pouco e qualquer pessoa é capaz de fazer isso – eu acredito fortemente que os requisitos são: força de vontade e foco.

Sem contar que o alcance do seu negócio online é muito maior – considere inicialmente o país inteiro onde mais de 100 milhões de pessoas têm acesso à internet. Mas, na prática, você pode vender e entregar seu conteúdo para qualquer lugar do mundo.

Mas o melhor disso é que você não atrai os curiosos. Na internet, você consegue (através de técnicas de tráfego), encontrar pessoas que representam seu público-alvo, ou seja, aquelas pessoas que realmente têm capacidade de comprar de você.

Mas Cuidado pois Infoproduto NÃO É Dinheiro Fácil

Muitas pessoas entram nesse mercado achando que é uma maneira de ganhar dinheiro fácil e ter uma vida de molezas. Se você é uma pessoa que pensa dessa forma, recomendo fortemente que desista desse artigo e volte para sua vida normal.

Infelizmente, essa opção é tão concorrida e difícil quanto qualquer outra. O ponto positivo disso tudo é que você pode vender as “cópias” do seu conhecimento que já foram gravadas.

Há cada ano que passa, mais e mais pessoas entram nesse mercado. Algumas dão certo e outras não (principalmente as que pensam ser algo fácil – e o momento de sair acontece muito rápido para essas pessoas). Mas não falo isso para te amedrontar, nem pense nisso. Eu só quero que você realmente saiba o que vai enfrentar.

Saiba que existem diversas opções há serem exploradas e existe uma possibilidade enorme de encontrar nichos lucrativos. Para isso, basta que você comece hoje mesmo. E para ajudá-lo(a) eu recomendo que você conheça o Welabs (plano pago) agora mesmo.

Não deixe para amanhã, o que pode ser feito hoje! Vamos começar?

Consultor de marketing digital e Gestor de Relacionamento com o Cliente. Tem ajudado empresas a posicionarem seus sites através da internet, gerando mais vendas. Sonha em ser um Mestre Pokémon .

Raul Domingues Porto Junior

Raul é Analista de Sistemas e Engenheiro Elétrico de formação. Hoje trabalha como consultor de tecnologia e como empreendedor digital. Seu objetivo é levar ao maior número de pessoas o conhecimento e a oportunidade de negócios para que cada pessoa seja auto suficiente e capaz de conquistar seus próprios rendimentos mensais sem depender de ninguém. Vamos juntos?